Indios Guaranis

Segundo a Lenda Guarani, e seus ensinamentos orais passados através de seus Caciques e Pajés, eles são descendentes do primeiro povo a encarnar na Terra, o Povo Vermelho.

 

E para ele (Povo Vermelho), não há divisão, tudo é um enorme conjunto dividido em partes, com seus consecutivos elementos: Seres, espíritos, etc. Como também não existe distinção entre os seres elementais (Fogo/Salamandras; Ar/Silfos; Agua/Ondinas; Terra/Gnomos e Duendes) e seres "superiores", pois são os seres do reino dos elementos que possibilitam os espíritos a se tornarem encarnados. Assim existia uma inter-relação entre o micro e o macrocosmos.

 

E esse povo ancestral chegou a seu amadurecimento, depois de milénios de migração as Terras de Pindorama  onde hoje se encontra uma região que denominamos Brasil. E foi lá que este povo rico em cultura e conhecimentos, deixou aos seus descendentes o conhecimento profundo sobre as leis e movimentos da vida.

Para os Guaranis eles continuam sendo amparados e auxiliados, pelos espíritos de seus Tamoios (espíritos ancestrais, que já deixaram de ter permissão para encarnar na Terra por terem cumprido seus aprendizados entre nós), que continuam a acompanhar a caminhada evolutiva da Terra de uma outra dimensão (sobre a Amazónia), de onde são responsáveis pelo conhecimento que mantém o equilíbrio da Terra.

 

Eles são conhecidos por guardiães da sabedoria, que junto com outros Mestres, formam o que conhecemos por Grande Conselho Cósmico Estrelar, responsáveis pelo auxílio evolutivo dos seres que como nós, ficaram cá "em baixo". Onde de Tempos em Tempos, um desses Mestres reencarna na Terra para auxiliar no crescimento e na evolução humana, nos ensinando, para que possamos manter o conhecimento, e para o equilíbrio do sistema. Pois em um momento perdido na nossa história, começou a chegar a Terra seres provenientes de outras estrelas que não tiveram a evolução de nosso primeiro povo, os filhos do Sol. De onde trouxeram cargas pesadas que contribuíram para o desequilíbrio da Terra.

 

Assim, depois de varias gerações, migrações e descendências, conhecemos hoje os Índios Guaranis, que provem do povo Tupi, que gerou os Tupinambás, que gerou dois grupos,: Os Tupinambá e os Tupi-Guarani, onde os primeiros conquistaram outras etnias e imporam seus conhecimentos, enquanto os segundos, nómadas, continuaram sua peregrinação em busca de sua "Terra prometida" , a Terra sem males.

 

De vez em quando esses Mestres Reencarnam na Terra em outras civilizações, mas seus ensinamentos continuam tendo como base o Amor e a Sabedoria. No Brasil houve uma das ultimas reencarnações desses mestres, aproximadamente há 500 anos antes de Jesus, onde um grande Tupinambá conhecido com flecha dourada (Oibajubá), se colocou como Filho do Sol.

Seguinte»»»

Made with Namu6